terça-feira, 30 de novembro de 2010

Desafio de Férias 2010/2011

Oi gente,
De um tempinho pra cá, venho visitando alguns blogs literários e vi que muitos deles têm alguns desafios de leitura...
Vi vários interessantíssimos, mas tive dificuldade em escolher títulos para alguns temas que eram propostos, por isso entrei no desafio de férias promovido pela Pam (Pâmela Gonçalves, Xará de sobrenome o/ rsrs), do blog Garota It.
Achei a proposta muito interessante e decidi participar. Escolhi aquele que me desse mais liberdade para escolher os livros, fazer e editar minha lista de acordo com meu gosto e disponibilidade.
To me formando em teologia, mas definitivamente vou tirar férias desse tipo de literatura, uma vez que ano que vem é ano de entrega de monografia, aí já viu né... vou ter que ler muito sobre assuntos relacionados ao meu tema [Ministério Infantil], além das matérias normais.
Pensando nisso, minhas escolhas envolvem apenas ficção...(pera aí mereço um descanço né?)
Escolhi a coleção (ou melhor parte dela) “DEIXADOS PARA TRÁS” que comprei recentemente e ainda não parei para ler...
Além disso, vou colocar um romance (nem gosto) em cada mês!
Espero poder corresponder à proposta...
Como disse, esse desafio pode ser editado a qualquer momento. Por isso, caso alguma coisa mude, irei acrescentar algum livro do Bonhoeffer, ou talvez o/os que eu ganharei no natal (espero né =P rsrs)
O “DESAFIO DE FÉRIAS”consiste em:
  • Ler e resenhar pelo menos dois livros por mês. Os livros terão que ser LIDOS e RESENHADOS no prazo corrente do desafio. Ou seja, não vale livros que você leu em novembro, outubro, ou qualquer mês anterior.
  • Ler muito mais livros, porém, dois livros por mês é o mínimo.
  • As resenhas deverão ser postadas em algum lugar público que outras pessoas possam ler. Então, caso você não tenha blog, a resenha poderá ser publicada no Skoob.
  • Será aceito qualquer gênero literário. Este desafio é um incentivo a leitura, então mesmo se não são livros do assunto do blog, sinta-se livre para participar.
As regras são:
Regras Gerais: (retirado do próprio site Garota It)

  • Você deverá postar uma lista em seu blog ou no tópico do Desafio no Skoob (caso não tenha blog), com todos os livros que você pretende ler no Desafio de Férias. É necessário que você coloque o banner e um link para este post do desafio para que as pessoas interessadas possam participar.
  • Os sorteios só serão válidos para território brasileiro. Infelizmente não tenho como arcar com o frete internacional =/
  • Após a leitura e resenha você deverá adicionar o link para a resenha no post correspondente ao mês.
  • Quanto mais livros lidos, mais chances de ganhar o sorteio.
  • Não é necessário seguir o blog, mas ficarei muito feliz caso o fizer.
  • Sua lista de leituras pode mudar a qualquer momento. Você poderá remover e adicionar qualquer livro que quiser. Ela será apenas uma “meta de leitura”, que servirá como base para quem quiser acompanhar o desafio.

Bom, então vamos a minha lista?

DEZEMBRO

JANEIRO

FEVEREIRO

Três meses; 90 dias; Nove livros; aproximadamente 3400 páginas, e muita vontade de tirar férias e ler tudo isso =D
Espero que dê tudo certo!
Assim que ler, irei postar as resenhas aqui!
Beijinhos de coração
Pris

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

? + s2 = Fé

Oi gente...
Ontem tive que entregar um trabalho de Apologética. A simples tarefa dessa avaliação consistia em ler e fazer um fichamento do livro “Crer Também é Pensar” de John Stott, e detalhe em apenas duas páginas. Fiquei tão empolgada com o livro que consegui fazê-lo em 13 páginas. Uhuuu... \o/
Não mencionei, mas esse trabalho teve de ser manuscrito, então eu simplesmente escrevi 9 páginas totalmente desnecessárias. Heeee... \o/ \o/
Apesar disso, enquanto lia e fazia esse fichamento, fiquei viajando nas palavras de Stott, por isso criei esse post para poder compartilhar com vocês um pouco do meu aprendizado...
Logo no primeiro capítulo o livro fala sobre o cristianismo de mente vazia.
Vivemos em uma sociedade onde a religiosidade é algo tão ligado a emoção das pessoas que muitos (na verdade, a maioria) se esquecem que crer em cristo é algo também ligado à razão.
Quer exemplo disso?
Não podemos por nós mesmos conhecer a Deus (veja Romanos 1.19). O que sabemos dele é o que Ele nos revelou. Deus se dá a conhecer de três formas:
1. Através da revelação Geral ou Natural: por exemplo, quando observamos a natureza vemos que tudo o que existe exige uma mente inteligente e soberana responsável por sua criação. Chamamos de revelação geral àquela que o homem pode conhecer Deus através das coisas por Ele criada, ou seja, ela nos dá pista que existe um Deus criador. Não são obras do acaso (prometo, em outro post falo especificamente sobre esta revelação, ok)
2. Através da revelação Oral: é a escritura. Deus se revela por meio dos profetas e os inspira a escrever suas palavras a fim de que as pessoas ao lê-la possa conhecê-Lo;
3. Através da revelação Suprema ou Especial : é a pessoa de Cristo. A natureza dá pistas de que existe Deus, a Bíblia fala especificamente de Deus, e Jesus é o próprio Deus que fez-se em carne para que possamos conhecê-Lo como Ele é.
Mas, onde entra a mente nisso tudo?
Em primeiro lugar:
“a fé, de acordo com o ensinamento de Jesus em Mateus 6.30, é basicamente o ato de pensar, e todo o problema de quem tem uma fé pequena é não pensar. A pessoa permite que as circunstâncias lhe oprimam... temos de dedicar mais tempo ao estudo das lições de nosso Senhor sobre a observação e dedução. A Bíblia está repleta de lógica, e seja algo meramente místico. Nós não nos sentamos simplesmente numa poltrona, permanecendo à espera de que coisas maravilhosas nos aconteçam. Isso não é fé cristã. A fé cristã é, em sua essência, o ato de pensar. Olhem para os pássaros, pensem neles, e façam suas deduções. Vejam os campos, vejam os lírios silvestres, considerem essas coisas...
A fé , se quiserem, pode ser definida assim: É insistir em pensar quando tudo parece estar determinado a nos oprimir e a nos pôr por terra, intelectualmente falando.
Usamos a razão para discernir aquilo que podemos ver por meio da revelação geral. Ao observarmos os pássaros, as plantas etc. vemos que Deus é o Senhor que os sustem e assim como diz o texto de Mateus, se Deus cuida deles – que são criaturas – quanto mais de nós que somos chamados seus filhos.
Em segundo lugar usamos nossa mente para interpretarmos a palavra de Deus. Isso com a ajuda do Espírito Santo é claro, mas precisamos raciocinar sobre ela. Não podemos dizer: ha eu sigo a Cristo... ou, eu acredito na bíblia... simplesmente por que alguém nos disse para isso fazer.
Dessa forma posso assemelhar ao papagaio, ele aprende algumas palavras e sentenças, mas não raciocina sobre elas.
É necessário usar nossa mente para reter o que a palavra de Deus tem a nos dizer. Pensar sobre as verdades nela descrita.
“ Deus nos constituiu como seres que pensam; Ele nos tratou como tais, comunicando-se conosco com palavras; ele nos renovou em Cristo e nos deu a mente de Cristo; e nos considerará responsáveis pelo conhecimento que temos.
Talvez se comece a ver agora o mal que é essa disposição anti-intelectualista, cultivada em alguns grupos cristãos. Não se trata de uma verdadeira devoção, absolutamente; mas sim de uma conformação a uma onda deste mundo, ou seja, trata-se de uma forma de mundanismo.
Subestimar a mente é soterrar doutrinas cristãs fundamentais. Deus nos criou seres racionais; será justo negarmos a humanidade que Ele nos deu? Deus conosco se comunicou; não procuraremos entender suas palavras? Deus renovou nossa mente por intermédio de Cristo; não faremos uso dela? Deus nos julgará por sua Palavra; não seremos prudentes, construindo nossa casa sobre essa rocha?”
Jesus disse: "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam (João 5.39)"
Percebem como é importante ler a palavra de Deus. É através dela que conhecemos o próprio Deus.
Se olharmos para um um computador por exemplo. Seria loucura dizer que ele foi obra do acaso, certo. Mas saber que alguém o criou não nos dá pistas de quem essa pessoa é. Dessa forma, podemos olhar para a natureza e por sua beleza dizer que alguem a criou, ela não é obra do acaso, mas isso somente nos dá pistas de que Deus existe, não de quem Ele é.
Quem é Deus? Como Ele é? O que Ele faz? Quais os seus Planos? O que Ele criou? Respostas para essas e muitíssimas outras encontramos apenas em um lugar: nas Escrituras!
Portanto para conhecer Deus precisamos conhecer a palavra de Deus.
Em terceito lugar ao analisar o texto sagrado, podemos finalmente, ter acesso a revelação Suprema, que como diz no versículo citado acima, são as escrituras que testificam de Cristo.
Quem estuda um pouco a Bíblia sabe que desde Gênesis à Apocalipse o tema principal de todos os livros é Jesus Cristo, sua obra, vida e glória. (se quiserem depois posso postar algo sobre isso).
Todo esse conhecimento tem ligação direta com nossa mente. No entando a fé é algo puramente racional? Veja o Stott que diz a esse respeito:
O conhecimento deve conduzir ao amor. Quanto mais sabemos, mais devemos compartilhar do que sabemos com os outros e usar o nosso conhecimento em serviço a eles, seja na evangelização, seja no ministério. Às vezes, porém, nosso amor poderá moderar o nosso conhecimento. Pois o conhecimento em si pode ser ríspido; é-lhe necessário Ter a sensibilidade que o amor lhe pode dar. Foi isso o que Paulo quis dizer quando escreveu: “O saber ensoberbece, mas o amor edifica”.
“o conhecimento sem zelo tome o lugar do zelo sem conhecimento! O propósito de Deus inclui os dois: o zelo dirigido pelo conhecimento, e o conhecimento inflamado pelo zelo.”
“A entrega sem reflexão é fanatismo em ação, mas a reflexão sem entrega é a paralisia de toda ação”. (Dr. John Mackay)
Só a razão não é suficiente, é necessário que haja um equilíbrio entre razão e emoção. O ponto mais seguro para estarmos é o que Aristóteles chamaria de virtude, pois como dizia, "virtude é o meio termo entre dois extremos."
A virtude da fé seria assim, o meio termo entre razão e emoção.
Vou parar por aqui, pois sei que irei cansá-los – e fazer o mesmo que fiz com meu trabalho -, mas garanto que poderia ficar mais um tempo falando sobre o assunto que muito me empolga.
Certamente voltarei a comentar algo que aprendi com esse pequeno livro.
Tem muitos outros assuntos que poderei falar futuramente...
Encerro esse post deixando apenas mais algumas palavras de John Stott:
O conhecimento é indispensável à vida e ao serviço cristãos. Se não usamos a mente que Deus nos deu, condenamo-nos à superficialidade espiritual, impedido-nos de alcançar muitas das riquezas da graça de Deus. Ao mesmo tempo, o conhecimento nos é dado para ser usado, para nos levar a cultuar melhor a Deus, nos conduzir a uma fé maior, a uma santidade mais profunda, a um melhor serviço. Não é de menos conhecimento que precisamos, mas sim de mais conhecimento, desde que o apliquemos em nossa vida.
A pergunta de como tal conhecimento pode ser obtido, a melhor resposta que posso dar é com palavras de um dos sermões de Charles Simeon: “Para a obtenção e conhecimento divino, a orientação que temos é a de combinar uma dependência do Espírito de Deus com nossas próprias pesquisas. Que não nos atrevamos a separar então o que Deus uniu”. Isso quer dizer que temos de orar e temos de estudar. É como foi dito a Daniel: “Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia, em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas orações...”
Beijos de Coração
Pris

P.S.: Eu quase falei o livro inteiro, meu Deus... mas se puderem leiam esse livro, vai valer a pena XD!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Apaixonada por livros



Oi gente...
Tava dando uma olhadinha nos posts da UBE, e vi a promoção da blogosfera apaixonada.
Não pude deixar de participar, é claro, pois uma das minhas paixões são os livros.
Gosto mesmo... ler é um momento especial da minha vida, do meu dia e que constrói a minha história.
Não tinha esse hábito. Quando pequena lia apenas a bíblia ilustrada do meu tio. Amava as histórias bíblicas e também as gravuras. Era como se, naquele momento, eu tivesse sido transportada para local e momento exato em que estava acontecendo aquela história.
Pouco mais tarde, quando estava na terceira ou quarta série, peguei emprestado o livro “o pequeno Príncipe” com uma colega. Não posso dizer quantas vezes o li, mas garanto que foram inúmeras.
O tempo passou, mas apesar de admirar, pouco lia - é claro com exceção da Bíblia. Até que há mais ou menos uns 5 ou 6 anos participei de uma gincana na EBD e como prêmio ganhamos livros. Digo ganhamos, por que na verdade eu não ganhei nenhum livro, meu presente foi uma Bíblia Thompson, novinha e linda, mas minhas amigas ganharam, e quem aproveitou o prêmio delas fui eu.
Então li dois livros de Max Lucado, e daí em diante, redescobri o prazer na leitura e ninguém pode me parar mais.
A leitura é algo que está na nossa alma. Temos uma sede de conhecimento inata em nós.
O Ser humano é o único capaz de pensar, refletir e planejar. O único animal capaz de fazer abstrações. O único capaz de raciocinar.
Tudo isso é o que nos difere dos outros animais. Li algo que dizia:
“Saber ler e compreender o que os outros dizem nos difere dos animais irracionais, pois comer, beber e dormir até eles sabem, é a leitura que proporciona a capacidade de interpretação.”
Se compararmos a nossa capacidade física com a de alguns insetos e animais veja o que acontece:

Formiga: pode levantar qualquer coisa que tenha cinqüenta vezes o seu peso. (eu não consigo nem 20% do meu)


Pulga: são capazes de pular cerca de 200 a 300 vezes a sua altura (Ou seja, se eu tivesse a capacidade de uma pulga, com os meus 1,75m de altura conseguiria dar um pulo de 525m, mas na realidade não chego nem a 20 cm do chão)

East Siberian Golden Plover: é um pássaro que tem nada mais nada menos a capacidade de migrar do Alasca até o Havaí, voando 88 horas sobre o oceano Pacífico. (como um pássaro tem essa noção de espaço? - eu me perco no meu próprio bairro)

Guepardo: é o mamífero mais rápido do mundo. Pode atingir uma velocidade de 110 km/hora. O homem atinge um máximo de 43 km/hora. (Eu, por exemplo, perco até pra uma tartaruga)

Vou parar por aqui, para não desviar o foco deste post, mas percebe que com relação a estrutura física nos perdemos até pra uma pulga.
Então a única coisa que nos resta é desenvolver aquilo que Deus nos deu em vantagem de todos os animais. Nossa mente.
Podemos não ser tão rápidos como o guepardo, nem tão fortes como a formiga, mas temos um exemplo da mente do nosso criador.
E onde entra a leitura nisso tudo?
Ler nos ajuda a pensar. A desenvolver idéias, ser mais criativos. Sair da ignorância e termos mais fé.
Deve achar que enlouqueci agora né, mas é isso mesmo. Você só pode crer em quem você conhece, e só pode conhecer melhor a Deus através da leitura da sua palavra.
Veja o que diz a própria escritura:

Oséias 6.3 diz: “Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor"

Romanos 1.19 diz: “Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou”

Romanos 10.8 diz: ...A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos...


Finalmente


Romanos 10.17 diz:
"A FÉ é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus."


Além disso, leituras extras, como livros de estudo, devocionais, e até mesmo de histórias são ótimos auxiliares para nossos estudos da Bíblia, pois nos ajudam a melhorar nossa interpretação (no geral, ok) e desenvolver nosso raciocínio.
Se você não tem, busque esse prazer na leitura. Com certeza encontrará algo que te despertará o interesse.
Quanto aos que não tem o prazer na leitura da Bíblia, faça uma análise dos livros, busque a história de um personagem ou a narração de um fato, que seja mais familiar pra você e lhe cause admiração, então perceberás que não é enfadonho como muitos dizem. A questão é encontrar na palavra de Deus o alimento que sua alma necessita. E isso com certeza encontrarás.
Como o título desse post é “Apaixonada por livros” vou terminá-lo com um poema (pois toda paixão que se preze é cercada por poemas, é claro XD) que encontrei na internet e expressa a paixão pela leitura:

"LER TAMBÉM É UM EXERCÍCIO

Quem não gosta de ler não imagina,
O tanto bem que a leitura nos faz.
Ela educa, engrandece e ensina,
Ela orienta, enobrece e dá paz.

Quem tem o hábito de ler é afortunado,
Pois a leitura é de grande importância.
Quem não lê, no tempo, fica parado,
Não progride e é alvo da ignorância.

Quem não lê, não evolui, certamente,
Não participa e nem entra na história.
A leitura exercita o corpo e a mente,
Ela é vital para nossa trajetória.

Para quem acha a leitura extenuante,
Uma bobagem, ou então perda de tempo,
Peço que pare e reflita um instante,
Sem a leitura não existe conhecimento.

Peço que leiam, a leitura é um exercício,
Para a mente e também pro coração.
Quem não lê não tem vez, não tem espaço,
Quem não gosta, não sabe o quanto é bom

Leia hoje, leia sempre, leia mais;
Quem não lê, não cresce, nem aparece.
A leitura é importante demais,
Que alimenta, emociona e fortalece!!!"
Luiz Carlos Gurutuba

Beijos de coração
Pris

P.S.: Pra quem quiser participar, aí vai a dica:





A Livraria Casa da Bíblia Online iniciou no dia 8 de novembro de 2010 uma grande promoção aberta a toda blogosfera que é apaixonada por livros e sabe da importância deles em nossa vida cristã. A promoção vai até o dia 30 de novembro de 2010 e vai premiar os três melhores posts sobre o tema: “A importância da leitura para a vida cristã”. O primeiro colocado vai ganhar um vale-compra em Bíblias e livros no valor de R$ 300,00, o segundo no valor de R$ 150,00 e o terceiro no valor de R$ 100,00.Além de premiar os melhores posts sobre o tema, a Livraria Casa da Bíblia Online estará realizando sorteios de livros durante todo o período da promoção aos inscritos, promoções no twitter, descontos de até 80% em produtos e sorteios de brindes aos consumidores.Todas as informações da campanha estão no site www.maiscb.com.br. Acesse e faça já sua inscrição se você é um apaixonado por livro.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Eu Admiro este Blog / Blogueiro Show


Oi gente...

Olha que fofo, meu blog ganhou um presentinho do Papillon, o blog da Yullia Marizia... (Obrigada querida)
Já tinha visto essa corrente (ou Meme, sei lá) em outros blogs, mas, assim como a Marizia, não esperava ganhar um selo de admiração... rs
Demorei um século pra postar aqui, mas eu estava preparando algo diferente...
Pelo que vi, quem ganha o selo, deve indicar mais 10 blogs para o mesmo prêmio – o selo “EU ADMIRO ESTE BLOG”...
Só que eu sou meio "diferentona", gosto de mudar as coisas, burlar algumas regras (ops... mas só algumas =S )... nem sei se existe, mas em vez de apenas mencionar o blog decidi prestigiar o blogueiro que o edita... afinal, nossos blogs são extensões virtuais de nossos pensamentos... assim sendo, quem merece o crédito é o blogueiro ora bolas rs...
Então criei um selo de “BLOGUEIRO SHOW” (desculpa gente, não consegui pensar em nada mais criativo rs) para homenagear os blogueiros que fazem um trabalho nota 1.000 em seus blogs... que são dignos de verdadeira admiração.
Assim, aí vão minhas 10 indicações (em ordem alfabética):

Alexandre Gama - Modus Pensante
Cleidilson Santos - Cleidilson Santos
Eduardo Carolino - Regozije em Cristo
Felipe Fagundes - Fechei com Ele
Júlio César- Jesus as Life Style
Rodrigo - Logikos
Yullia Marizia - Papillon
(não teve jeito, tive que retribuir =D rs)

Se quiserem, dêem continuidade a corrente, inventem um selo ou um prêmio para os blogs e/ou blogueiros que vc mais admira, use sua criatividade!
Se não quiser não tem problema, saiba que tem minha admiração #IssoBasta rs
Beijinhos com Carinho
Pris


terça-feira, 9 de novembro de 2010

O Evangelho Segundo os Simpsons

Oi gente...

Tô super sumida, eu sei, mas motivos de força maior me impedem de estar muito presente, mas aqui estou eu, não abandonei o blog não, e nunca vou abandonar hum! =D
Aproveitei que fiz uma resenha do livro "O Evangelho Segundo os Simpsons" decidi postar aqui tbm... ha, e a propósito passarei a postar algumas resenhas de livros que tenho lido, acho que vai ser bem interessante... vou entrar nessa onda de resenhas tbm rs... (não que este se tornará um blog literário, mas terá seu momento literário entende)
Bom chega de papo, e vamos ao que interessa:



O EVANGELHO SEGUNDO OS SIMPSONS



O livro fala de como a Família Simpsons exerce sua religiosidade.
Os Simpsons são uma família tipicamente protestante que, em certos momentos, demonstram sua fé através da oração, obediência, bondade e fidelidade.
O livro traz os episódios em que há essas demonstrações de fé - dos mais variados personagens da série.
Não só demonstrações de fé, mas traz cenas em que há a presença de fatores que envolvem a fé, como céu, anjos e inferno.
Na minha opinião, o livro não traz nada de relevante, apenas mostra como a família conduz sua religiosidade em sua cultura, o que segundo o autor, é a realidade de muitos americanos. Ou seja, vão à igreja todos os domingos, oram, acreditam em Deus, mas não se envolvem muito com o evangelho propriamente dito.
Depois de ler, penso que o nome do livro deveria ser "a religiosidade segundo os Simpsons" ou "como os Simpsons manifestam sua fé". Isso por que de evangelho, quase nada aparece, aliás, muito raramente o nome de Jesus é mencionado.
Quando o autor, Mark Pinsky, narra os episódios (que por sinal não são reprisados somente na tv, mas no livro em diversos capítulos também) nos dá aquela sensação: "o livro é melhor que o filme" só que o contrário, "o desenho é melhor que o livro". Há episódios inteiros narrados, e isso com falta de detalhes, o que torna a leitura frustrante.
Outra falha que encontrei no livro foi que quando ele se referia a ritos e costumes do judaísmo ele não se preocupou em explicar aquela cerimônia, o que para um leigo não faria sentido algum. parece que ele escreveu para quem já tem o conhecimento dessa cultura. (O que me salvou foram as aulas de hebraico - Valeu Grijó)
Por fim, algo que me chamou bastante a atenção foram erros como os de concordância, acentuação e de algumas palavras faltando letras... tem até a expressão tão criticada na aula de português, o famoso "muita das vezes" (e olha que pra eu notar esses erros é que a coisa tá feia mesmo... eu sempre mato o pobre do português =S).
Só não abandonei a leitura, pq não sou fã disso, gosto de ir até o final... mas com certeza, esse livro eu não indico...
se quiser saber sobre a religiosidade da família Simpson, assista ao seriado, vai ser mais divertido, pode ter certeza...

Beijos de Coração
Pris